Halloween no Cinema

E ai meus queridos Pipoqueiros, amanhã dia 31 de outubro, para quem não sabe, é comemorado em vários países o famoso Dia das Bruxas, ou simplesmente, Halloween.

Não estou aqui hoje contar a história do Halloween, mas sim comentar alguns filmes onde temos referencia do Dia doas Bruxas, mesmo não fazendo pate da trama, mas estando lá em algum momento.

Aliás, quem nunca teve a sensação de ter sido enganado pelos filmes quando crianças, porque, pelo menos para mim, quando assistia a algum filme onde apareciam crianças se fantasiando e saindo nas ruas perguntando por “Gostosuras ou Travessuras?”, ou mesmo os adolescentes  jogando papel higiênico nas arvores dos vizinhos, ou o pior, colocando um saquinho de pão cheio de cocô dentro na varanda das pessoas, para depois atearem fogo nele, tocar a campainha e sair correndo esperando alguém abrir a porta e tentar apagar o fogo com o pé?. Tirando a parte do saquinho, eu até que tive muita vontade de comemorar o Dia das Bruxas de verdade, como eu via nos filmes e até mesmo nos desenhos. Mas como moramos num pais onde essa não é uma tradição, só pude aproveitar depois, com as festas a fantasia na época do Halloween.

Mas voltando ao assunto do post, vou comentar, mesmo que breve, alguns desses filmes.

Abracadabra (Hocus Pocus – 1993)

Um dos filmes mais divertidos da Disney, a trama é focada na história de três bruxas, que ficaram trancadas em um livro por vários séculos até serem libertadas por três jovens, que visitam a casa das malvadas (exposta em uma espécie de museu) por uma simples travessura de Dia das Bruxas. Uma vez que as bruxas são libertadas, elas começam a unir crianças para poder atravessar o feriado e alcançar a juventude eterna, o que deve ser feito em menos de 24 horas.

O Estranho Mundo de Jack (The Nightmare Before Christmas – 1993)

Esse filme é sensacional, na verdade é uma animação em stop-motion, dirigida por Henry Selick e produzido por Tim Burton. Nas história, Jack é uma espécie de espectro que vive na Cidade do Halloween. Cansado de sua rotina, ele parte em uma jornada e conhece a Cidade do Natal, se encantando pelo clima, pela festa, com a comemoração da data tão diferente da que estava acostumado. Jack fica tão fascinado que pretende trazer o natal para a Cidade do Halloween, e tomar o lugar do Papai Noel, mesmo sem ainda ser incapaz de entender o verdadeiro valor da data.

 

A Casa Monstro (Monster House – 2006)

Essa uma animação produzida por Robert Zemeckis e Steven Spielberg. Na trama um adolescente desconfia que a casa de seus vizinhos é mal assombrada e, quando seus pais viajam na véspera do Halloween, decide investigar junto com seus amigos. eles acabam descobrindo que ela está viva e é um monstro que está roubando brinquedos das crianças.

O Corvo (The Crow – 1994)

Esse é um filme que me marcou muito, além do fato de ter sido uma adaptação de uma história em quadrinhos, o filme contou com uma trilha sonora fantástica, repleta de Rock n Roll, indo desde The Cure, até Pantera e Rage Against The Machine. O filme conta como um guitarrista e sua namorada são assassinados na noite do demônio, a noite que precede o Halloween, um ano depois ele volta, guiado por um corvo para perseguir os assassinos.O filme marcou também pelo acidente fatal que aconteceu durante as filmagens, o ator Bradon Lee, filho do astro do Kung Fu Bruce Lee, que interpretava o personagem principal Eric Draven, acabou morrendo quando uma das armas usadas durante uma cena estava carregada com balas de verdade. Triste, mas isso ajudou a transformar o filme num Cult, e a fazer mais sucesso ainda.

Donnie Darko (Donnie Darko – 2001)

Não sei como descrever esse filme, gosto tanto dele que se deixar faço um post só para ele. O filme foi dirigido por Richard Kelly, sem muito alarde, ou pretensão de se tornar um grande filme, acabou caindo no gosto de muita gente, sua história é ao mesmo tempo complicada de se entender (confesso que já vi umas três vezes e ainda é estranho) e também divertido e intrigante. A historia desenrola em uma atmosfera sombria do fim dos anos 80. Donnie Darko (interpretado por Jake Gyllenhaal), é um garoto considerado problemático com alguns traços de esquizofrenia (assim caracterizado pela psiquiatra que ele frequenta, Ms. Thurman). Em uma noite, um coelho monstro gigante acorda Donnie, salvando sua vida, pois, repentinamente, um motor de avião despenca do céu caindo exatamente na cama de Donnie. O coelho monstro gigante ainda profetiza que o mundo irá se acabar dentro de pouco tempo na noite de Halloween. Este mundo, Donnie entenderá ser o mundo pessoal dele. Ele se mostra dividido entre a realidade e suas alucinações, junto a isso, muitos questionamentos sobre o sentido da vida e, principalmente, da morte. O filme aborda temas da física teórica como a possibilidade de viagem ao tempo usando obras como de Stephen Hawking – Uma Breve História do Tempo e Roberta Sparrow – Filosofia da Viagem do Tempo para expor tais ideias. Se você é fã de ficção cientifica e suspense, vai gostar muito do filme.

Halloween – A Noite do Terror (Halloween – 1978)

O filme é escrito e dirigido por John Carpenter e se tornou um clássico filme de terror. Na noite de Halloween, aos 6 anos de idade, Michael Myers assassina brutalmente sua irmã, Judith Myers, após a mesma ter relações sexuais com o namorado na ausência dos pais. Por este ato, é enviado ao Sanatório Smith Groove, em Handonfield, onde permanece por exatos 15 anos. Fugindo do sanatório, Myers volta à sua cidade natal e na noite de Halloween de 1978 persegue e mata os vizinhos de sua casa abandonada. E persegue sua irmã Laurie Strode (Jamie Lee Curtis). Esse filme rendeu ainda mais seis continuações e uma refilmagem em 2007, com direção de Rob Zombie. Esse foi o primeiro filme em que Jamie Lee Curtis atuou.

E.T., o Extraterrestre (E.T. the Extra-Terrestria – 1982)

Uma das melhores memórias da infância de muita gente. Quem não se comoveu com o pequeno extraterrestre que só queria voltar para seu planeta natal? Um ótimo filme dirigido por Steven Spielberg, o filme nem tem tanta referencia ao Halloween, mas vale a menção pela cena em que o E.T. sai pelas ruas com as crianças na noite do Halloween fantasiado, a sequência é uma das mais divertidas do filme e foi muito responsável por difundir a versão americana da festa do Dias das Bruxas no mundo.

Além do cinema, as séries de televisão e também os desenhos, fizeram muitas menções ao Halloween, com episódios especiais sobre o tema, mas um dos especiais que eu mais gosto é do desenho do Snoopy, “A Grande Abóbora”, onde o ingênuo Linus, melhor amigo de Charlie Brown, resolve mandar uma cartinha para a Grande Abobora pedindo presentes e outras coisinhas (como se fosse o Papai Noel). Nesse especial, e como em todos os episódios de Snoopy, acontece tudo de errado com o pobre Charlie Brown, ele não consegue chutar a bola de Futebol Americano (como sempre a Lucy impede que isso se realize) além dele sofrer quando todos resolvem ir pedir doces fantasiados nas casas, e o pobre Minduim só consegue pedras.

Tem uma das cenas mais viajadas do próprio Snoopy, onde ele pensa ser um Interpreto Ás dos Céus, combatendo durante a Primeira Guerra Mundial. ( em vários episódios eu chega a acreditar que o Snoopy usava algum alucinógeno, só assim para explicar tanta coisa louca saia de sua mente canina)

Essa é uma das animações do Halloween que eu mais gosto, assim como o Especial de Natal do Snoopy sempre passava no dia de Natal (hoje as emissoras nem se lembram mais desses especiais) o episódio de Halloween sempre passava num fim de semana antes ou depois da data. É realmente uma pena as crianças de hoje não terem contato com isso. O fato de ter sido produzido em 1966 e poder ser assistido hoje sem ter deixado de ser atual é uma prova cabal do gênio de Charles Schultz

Mas se você se interessou pelo desenho, ou pelos filmes, nenhum deles é difícil de se encontrar. 

Não se esqueçam de dizer “Gostosuras ou Travessuras…”

E Um Feliz Dia Das Bruxas…

@benatogomes

Anúncios

Pipoca aí, pode escrever!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s